Rabino Jayme Fucs: muitos judeus apoiam Lula e são contra sua prisão

Em entrevista à TV 247, o rabino relatou a visita que fez a Lula na prisão e contou que o ex-presidente tem muito apreço à cultura judaica e que muitos judeus progressistas o apoiam; "Lula é um ser humano e que está confinado numa cela, sozinho, o minimo é que devemos fazer é fortalecê-lo neste momento tão degradante", defende; assista

Rabino Jayme Fucs: muitos judeus apoiam Lula e são contra sua prisão
Rabino Jayme Fucs: muitos judeus apoiam Lula e são contra sua prisão
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

TV 247 - O rabino Jayme Fucs, que recentemente visita o ex-presidente Lula na prisão, relatou seu encontro em entrevista à TV 247 e contou que Lula possui muito apreço à cultura judaica e que muitos judeus progressistas o apoiam. "Lula é um ser humano e que está confinado numa cela, sozinho, o minimo que devemos fazer é fortalecê-lo neste momento tão degradante", defende. 

O religioso pertence a uma corrente chamada Judaísmo Humanista e defende que judeus e palestinos tenham seu Estado reconhecido. "O problema da esquerda radical, assim como o da direta fascista, em negar o Estado da Palestina, é de achar que os judeus não possuem o direito de ter o seu Estado", critica. 

Sobre a visita a Lula, ressaltou que o encontro com o ex-presidente não teve caráter político. "Conversamos sobre a perda das nossas esposas, da sua emoção quando visitou o Museu do Holocausto, em Israel, levei solidariedade a ele", relata.

Ele diz que os judeus são muitos politizados e muitos apoiam o ex-presidente. "Muitos sionistas de esquerda são Lula livre", afirma.

Nos últimos anos, Jair Bolsonaro tornou-se um entusiasta do Estado de Israel, dizendo que reconheceria Jerusalém como sua capital e que expulsaria a embaixada palestina do país. Contra o candidato, um manifesto de judeus foi criado na Internet e já reúne mais de 7 mil assinaturas. 

O rabino classifica como oportunista a aproximação de Bolsonaro com Israel. "A direita sabe usar isso muito bem, é uma jogada de marketing, mas ao mesmo tempo, a esquerda deveria mostrar que é a favor do Estado de Israel, mas contra as políticas de Estado que nele são implementadas", defende.

Inscreva-se na TV 247 e confira a entrevista com o rabino Jayme Fucs 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247