"Racismo no Brasil é uma questão estrutural", afirma Maia

“Infelizmente a gente sabe que o racismo no Brasil é uma questão estrutural, não vem de hoje, vem de longe", afirmou Maia

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Enquanto Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Moruão, negam o racismo e ignoraram o brutal assassinato de João Alberto, homem negro espancado até a morte por seguranças do Carrefour, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (27) que o racismo no Brasil é estrutural e defendeu que a Casa debata e encontre soluções políticas para combater o problema.

“Infelizmente a gente sabe que o racismo no Brasil é uma questão estrutural, não vem de hoje, vem de longe. Acho que nós precisamos de forma definitiva aproveitar este momento e esse grupo para que gente possa fazer um debate com apoio da sociedade e a gente possa introduzir de forma definitiva na pauta da Câmara essa questão e as soluções que a política precisa encontrar junto com a sociedade”, afirmou Maia, durante a participação de Maia na abertura de uma audiência pública sobre o caso de João Alberto. O presidente da Câmara classificou o episódio como um "absurdo".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247