Rainhas contam segredos de corpos invejáveis

247 acompanhou o treinamento das majestades Gracyanne Barbosa, da Unidos da Tijuca ( esq.), e Renata Santos, da Mangueira (interna) e da musa Vnia Love, da Portela ( dir.); as gatas malham pesado, fazem tratamentos estticos e sacrifcio. Para ficar bem na fita tem que sofrer um pouquinho, diz Gracy

Rainhas contam segredos de corpos invejáveis
Rainhas contam segredos de corpos invejáveis (Foto: Divulgação)

Valéria Souza _ 247 - As rainhas de bateria são saradíssimas, com o corpão que toda mortal adoraria ter. Mas para ficarem com as curvas invejáveis, sem aquelas gordurinhas que ninguém merece ter, as majestades precisam malhar pesado. E não é só próximo do desfile de carnaval das escolas, na Sapucaí, que elas investem, é o ano inteiro. O 247 acompanhou o treino das rainhas Gracyanne Barbosa, da Unidos da Tijuca, Renata Santos, da Mangueira, e da musa da Portela Vânia Love. E, atenção, mulheres, realmente para ficar bonita tem que sofrer, segundo o depoimento das gatonas.

Para ficar com tudo em cima, Gracyanne Barbosa faz musculação e aeróbica acompanhada do seu personal trainer Xande Negão diariamente. “Malho porque me dá prazer, mas eu me preocupo em não passar do limite. Também preciso tomar cuidado para não perder a flexibilidade, então, faço sempre alongamento. Mas é lógico que para ficar bem na fita tem que sofrer um pouquinho, faz parte", diz Gracyanne, que ainda faz massagem modeladora.

Musa da Portela, Vânia Love leva super a sério a malhação. A bela silhueta é resultado de musculação cinco vezes por semana, massagem modeladora, lipoaspiração manual e uma dieta regrada. “Na época do carnaval, eu aumento a proteína na alimentação e como pouco carboidrato”, conta a irmã do jogador do Flamengo, Vagner Love, que sofre: “Tem que se esforçar para conseguir o resultado desejado. Não tem jeito. Para ficar com corpo definido tem que ter dedicação”, enfatiza ela, que é ex-rainha de bateria da escola do grupo de acesso Império Serrano.

Já a rainha de bateria da Mangueira, Renata Santos, investe ainda mais nos tratamentos estéticos, e confessa que sofre bastante. Ela faz intradermoterapia (leva injeções de enzima para combater gordura localizada) com profissional Jorge Stefano e carboxiterapia (consiste na aplicação de gás carbônico através de infusão nos tecidos com pressão controlada). “É dureza, mas vale toda a dorzinha para ter um corpo legal.

E eu estou muito satisfeita com o meu corpo. E olha que sou toda natural, hein? Não tenho silicone, não. Sou uma rainha de bateria natural”, orgulha-se ela, que também faz musculação com personal trainer, aeróbico e corre na areia.  É, leitoras, não existe milagre. Tem que malhar mesmo e sofreu um pouquinho!

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247