Raquel Dodge dá parecer pela cassação de ‘Moro de saias’

A procuradore-geral eleitoral, Raquel Dodge, manifestou-se pela cassação da senadora matogrossense Selma Arruda, do PSL. Conhecida como "Moro de asias", a política foi condenada por suposto caixa 2

(Foto: José Cruz - ABR)

247 - A procuradora-geral eleitoral, Raquel Dodge, manifestou-se através de parecer enviado nesta terça-feira (10) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)pela execução imediata da decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) que, por unanimidade, cassou o diploma da senadora Selma Arruda (PSL/MT) e dos seus dois suplentes, e determinou a realização de novas eleições para o Senado naquele estado, informa o jornal O Estado de S.Paulo

Selma ficou famosa em Mato Grosso como ‘Sérgio Moro de saias’, por suas penas pesadas em ações criminais contra políticos e servidores públicos.   

Dodge defende ainda a confirmação da pena de inelegibilidade de Selma Arruda pelo período de oito anos.   A cassação foi motivada por suposto caixa dois de R$ 1,2 milhão.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247