CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rede vai ao STF para impor multa de R$ 500 mil a Bolsonaro por cada mentira sobre urnas eletrônicas

O partido quer que Bolsonaro seja multado toda vez que mentir sobre o processo eleitoral brasileiro e pague a quantia com seu patrimônio pessoal

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - A Rede Sustentabilidade acionou nesta sexta-feira (30) o Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja imposta a Jair Bolsonaro uma multa de R$ 500 mil para cada vez que o chefe do governo federal mentir sobre as urnas eletrônicas e o processo eleitoral brasileiro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A legenda quer que a quantia seja descontada do patrimônio pessoal de Bolsonaro, e não dos cofres públicos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O senhor Presidente da República não respeita os demais Poderes da República, sendo necessária a imediata aplicação de pena de multa por evento de descumprimento a cada nova manifestação que faça acerca da inverídica existência de fraudes eleitorais, por via própria ou de seus Ministros ou familiares mais próximos”, diz o pedido apresentado pela Rede.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

A medida vem um dia depois de Bolsonaro promover uma transmissão pelas redes sociais para propagar mentiras sobre as eleições no Brasil e desacreditar as urnas eletrônicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE