Reforma trabalhista foi um fracasso, avalia Margarida Salomão

A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) usou sua conta no Twitter para lembrar que um ano após Ronaldo Nogueira, então ministro do Trabalho do governo Michel Temer, afirmar que a reforma trabalhista iria gerar cerca de 2 milhões de empregos, o que se viu foi o contrário; "Ministro esperava 2 milhões de vagas em dois anos, mas até agora saldo é de 518 mil, quase tudo no setor de serviços. E quem entra continua ganhando menos que os demitidos", postou

Reforma trabalhista foi um fracasso, avalia Margarida Salomão
Reforma trabalhista foi um fracasso, avalia Margarida Salomão (Foto: Ananda Borges / Câmara dos Deputados)

247 - A ex-reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora e deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) usou sua conta no Twitter para lembrar que um ano após Ronaldo Nogueira, então ministro do Trabalho do governo Michel Temer, afirmar que a reforma trabalhista iria gerar cerca de 2 milhões de empregos, o que se viu foi o contrário. "Ministro esperava 2 milhões de vagas em dois anos, mas até agora saldo é de 518 mil, quase tudo no setor de serviços. E quem entra continua ganhando menos que os demitidos", postou Margarida com um link para uma reportagem da Rede Brasil Atual sobre o assunto.

"Passado um ano, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje (20), mostram que essa previsão ficou distante da realidade. Em 12 meses, até novembro, o saldo – diferença entre contratações e demissões formais – é de 517.733, crescimento de 1,36% no estoque. As vagas concentram-se no setor de serviços: 400.189, 77% do total.", destaca o texto da RBA.

Confira a postagem de Margarida Salomão sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247