Religiosos anunciam luto por mortos de Covid-19. Nesta semana será ultrapassada a marca de 100 mil

Um manifesto assinado por entidades representativas de diferentes cultos será lançado para assinalar a ultrapassagem nos próximos dias da marca de 100 mil mortos de Covid-19 no país

Ato de profissionais da saúde em homenagem a colegas mortos pela Covid-19 em Manaus (AM) 16/05/2020
Ato de profissionais da saúde em homenagem a colegas mortos pela Covid-19 em Manaus (AM) 16/05/2020 (Foto: REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Representantes de diferentes religiões e cultos preparam ações de luto e memória à marca de 100 mil mortes por Covid-19 no Brasil, que deve ser atingida nos próximos dias.
Será lançado um site que veiculará mensagens de lideranças religiosas homenageando as vítimas do vírus, informa Mônica Bergamo em sua coluna.

Os religiosos propõem também que lideranças dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário realizem cerimônias laicas ou multirreligiosas, e que a data de 17 de agosto seja decretada como o Dia Nacional de Luto e Memória pelas Vítimas da Covid-19.

A iniciativa foi idealizada pelas entidades Conselho Nacional de Igrejas Cristãs e Instituto de Estudos da Religião, e pelas organizações Paz e Esperança Brasil e Religiões pela Paz Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247