Renan Calheiros critica diálogos da Lava Jato sobre 'atingir Lula na cabeça': "verdadeiros criminosos"

"Agora está provada a seletividade das denúncias e a quem queriam atingir", alega o senador Renan Calheiros (MDB) sobre vazamentos de conversas de integrantes da Lava Jato

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Renan Calheiros (MDB) afirmou que são repugnantes “os diálogos mostrando a disposição de ‘atingir Lula na cabeça’ e eleger-me como ‘segundo alvo mais relevante’”, ao comentar novos vazamentos de conversas de integrantes da Operação Lava Jato, nesta sexta-feira, 12.

“Agora está provada a seletividade das denúncias e a quem queriam atingir”, ressaltou o senador. 

“No mesmo mês dessa conversa, a PGR [Procuradoria-Geral da República] abriu a 11ª investigação contra mim, que foi arquivada por falta de prova. Aliás,2/3 das acusações já foram para o lixo porque eram ineptas”, ressaltou. 

“Agora, finalmente, conhecemos os calabouços imundos da #LARVAJATO e sabemos como esses insetos atuavam”, afirmou. 

“Ainda tenho esperança de que paguem por isso e o Brasil reconheça quem são os verdadeiros criminosos”, concluiu.

 


Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email