Representantes de 16 povos do Xingu repudiam indígena pró-Bolsonaro: "ofende e desmoraliza o movimento indígena"

Integrante da comitiva oficial de Bolsonaro durante sua viagem a Nova York para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, a indígena Ysani Kalapalo, moradora do Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso, foi alvo de uma nota de repúdio assinada por representantes de 16 povos do Xingu: "Ysani vem atuando com o objetivo único de ofender e desmoralizar as lideranças e o movimento indígena do Brasil”, diz a nota

Ysani Kalapalo
Ysani Kalapalo (Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Integrante da comitiva oficial de Bolsonaro durante sua viagem a Nova York para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, a indígena Ysani Kalapalo, moradora do Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso, foi alvo de uma nota de repúdio assinada por representantes de 16 povos do Xingu. A reportagem é do jornal Estado de São Paulo. 

“O governo brasileiro mais uma vez demonstra com essa atitude o desrespeito com os povos e lideranças indígenas renomados do Xingu e outras lideranças a nível nacional, desrespeitando a autonomia própria das organizações dos povos indígenas de decisão e indicação de seus representantes em eventos nacionais internacionais”, diz a nota.

O documento foi assinado por líderes dos povos Aweti, Matipu, Mehinako, Kamaiurá, Kuikuro, Kisedje, Ikpeng, Yudjá, Kawaiweté, Kalapalo, Narovuto, Waurá, Yawalapiti, Nafukuá e Tapayuma, todos localizados no Parque do Xingu, considerado uma das maiores reservas indígenas do mundo.

De acordo com a nota, a escolha de Ysani é ofensiva por “dar destaque a uma indígena que vem atuando em redes sociais com o objetivo único de ofender e desmoralizar as lideranças e o movimento indígena do Brasil”. Ainda no documento, os caciques afirmam que Bolsonaro usa a convidada “com o objetivo de convencer a comunidade internacional de sua política colonialista e genocida”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email