Réus por corrupção vencem fase de pregão para vender coturnos ao Exército

Dois empresários réus por corrupção na venda de tênis, uniformes e mochilas estão no páreo para vender materiais ao Exército

(Foto: reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Dois empresários réus por corrupção na venda de tênis, uniformes e mochilas venceram uma das últimas etapas de um pregão para vender 850 mil pares de coturnos e outros calçados para o Exército, informa o UOL.

A empresa EBN Comércio, Importação e Exportação, de Júlio e Daniel Manfredini, obteve a melhor classificação dentre as companhias habilitadas para participar de um pregão para compra de fardamento pelos militares. A ata com o resultado saiu na tarde de terça-feira (23).

No ano passado, a mesma empresa vendeu 634 mil pares de tênis ao Exército, negócio investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

PUBLICIDADE

A assessoria do Exército informou que o pregão "ainda não foi encerrado". "Encontra-se na etapa recursal", continuou. Mas a empresa disse que sua vitória já foi confirmada.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email