Partido de Bolsonaro tem 11 mil assinaturas negadas no TSE e apenas 3 mil aceitas

O ritmo de assinaturas que estão sendo coletadas para a crianção do Aliança pelo Brasil, inclusive em cartórios e igrejas evangélicas, está aquém do necessário para a disputa das eleições municipais

Aliança pelo Brasil não deve entrar nas eleições.
Aliança pelo Brasil não deve entrar nas eleições. (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ritmo de assinaturas que estão sendo coletadas para a crianção do partido de Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil, está aquém do necessário para a disputa das eleições municipais. 

Reportagem do site Metrópoles destaca que "de acordo com dados da Justiça Eleitoral, somente 3.101 rubricas foram consideradas aptas. A quantidade de apoios válidos é muito menor do que o número de assinaturas rejeitadas: 11.094."

A matéria ainda acrescenta que "o total de apoiamentos apresentados pelo partido em formação até agora para apreciação da Justiça Eleitoral foi de 60.747, segundo informa a executiva do grupo. Desses, 45.203 estão em prazo de impugnação e 1.349 em análise nos cartórios eleitorais."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247