Roberto Jefferson diz que ofereceu “ombro” a Michel Temer

Condenado no mensalão, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, prometeu que a sigla seguirá apoiando Michel Temer; após se reunir com o peemedebista no Planalto, Jefferson disse que que ofereceu "ombro" a Michel Temer, e que um amigo deve oferecer apoio "na alegria e na tristeza"; "Nós viemos encostar o ombro com ele e dizer que nós estamos juntos", declarou o petebista

roberto jefferson
roberto jefferson (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O presidente do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson, condenado no mensalão, reuniu-se com Michel Temer no Planalto e saiu de lá anunciando solidariedade ao peemedebista, que cada dia é alvo de uma nova acusação.

O PTB prometeu votar contra a eventual denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) na Câmara contra Michel Temer.

As informações são de reportagem de Eduardo Barretto em O Globo.

"Roberto Jefferson disse que o processo contra Temer está "envenenado na origem". Após se reunir com Temer no Palácio do Planalto, Jefferson disse que ofereceu "ombro" ao presidente, e que um amigo deve oferecer apoio "na alegria e na tristeza"

— Eu vim encostar o ombro com ele (Temer). Amigo tem que ser em todos os momentos, na alegria e na tristeza. Nós viemos encostar o ombro com ele e dizer que nós estamos juntos — declarou o petebista, que disse esperar que o TSE não casse o mandato de Michel Temer. Isso, argumentou, "jogaria o Brasil 20 anos atrás". Além disso, Jefferson afirmou que a democracia no país está sendo afetada pelas acusações contra o peemedebista."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247