Rossetto: Temer foi o 1º a desrespeitar a mais importante instituição

 O ex-ministro do governo Dilma, Miguel Rossetto, rebateu declaração do presidente Michel Temer, que pediu respeito às instituições, ao comentar sobre as ocupações das escolas e universidades por estudantes; "Temer diz que estão desrespeitando as instituições no país, mas foi o próprio Temer que desrespeitou a primeira e mais importante instituição do Brasil, a Constituição", afirmou Rossetto

Brasília - O Conselho Curador do FGTS realiza reunião sob o comando do ministro do Trabalho e Previdência Social (MTPS), Miguel Rossetto. Na pauta, o voto do Ministério das Cidades que propõe a suplementação do orçamento operacional para 2016
Brasília - O Conselho Curador do FGTS realiza reunião sob o comando do ministro do Trabalho e Previdência Social (MTPS), Miguel Rossetto. Na pauta, o voto do Ministério das Cidades que propõe a suplementação do orçamento operacional para 2016 (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro do governo Dilma, Miguel Rossetto, rebateu declaração do presidente Michel Temer, que pediu respeito às instituições. Ao falar sobre ocupações nesta terça-feira (8) e, sem citar diretamente as escolas ocupadas, Temer afirmou que as pessoas criticam propostas do governo "sem ao menos ler" os textos. "Precisamos aprender no país a respeitar as instituições. O que menos se faz hoje é respeitar as instituições, e isso cria problemas ", disse ele.

Rossetto contestou: "Temer diz que estão desrespeitando as instituições no país, mas foi o próprio Temer que desrespeitou a primeira e mais importante instituição do Brasil, a Constituição".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email