“Roupa suja se lava em casa”, diz professor Ricardo Musse sobre PT

Em entrevista ao site da Agência Pública, professor da USP analisa trajetória do PT; fundador do partido, sociólogo diz que a legenda “não tem que ir a público fazer autocrítica” e que nossos ricos, ao contrário do 1% americano, “não têm legitimidade para governar” porque foram incapazes “de construir um Estado nacional”

Em entrevista ao site da Agência Pública, professor da USP analisa trajetória do PT; fundador do partido, sociólogo diz que a legenda “não tem que ir a público fazer autocrítica” e que nossos ricos, ao contrário do 1% americano, “não têm legitimidade para governar” porque foram incapazes “de construir um Estado nacional”
Em entrevista ao site da Agência Pública, professor da USP analisa trajetória do PT; fundador do partido, sociólogo diz que a legenda “não tem que ir a público fazer autocrítica” e que nossos ricos, ao contrário do 1% americano, “não têm legitimidade para governar” porque foram incapazes “de construir um Estado nacional” (Foto: Charles Nisz)

247 - Professor da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP, Ricardo Musse é doutor em Filosofia e coordenador do Laboratório de Estudos Marxistas (LEMarx) da Universidade de São Paulo.

O docente analisou a trajetória recente do PT em entrevista ao site da Agência Pública. Em pauta, temas controversos, como a recente eleição de Gleisi Hoffmann à presidência do partido. Ao ser eleita, Gleisi afirmou que não faria uma autocrítica em nome do PT porque “não ficaria enumerando erros para a burguesia”. Ricardo Musse concorda. “Roupa suja se lava em casa. A crítica ao PT já foi feita”, afirmou.

Musse tratou como “uma invenção da mídia” o possível acordo entre os três maiores partidos do Congresso – PT, PMDB e PSDB – em nome das eleições indiretas e vê a eleição de Gleisi como um indicativo de um enfrentamento mais franco com o PMDB. De autocrítica mesmo – ou autorreflexão, como prefere Musse – só ao governo Dilma e à política de campeões nacionais. “Foi um equívoco do pessoal da escola econômica da Unicamp, da qual a presidenta Dilma foi aluna”, avalia.

Confira a íntegra da entrevista no site da Pública.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247