Rui Costa Pimenta: qualquer nova tentativa de impedir a candidatura de Lula será um terceiro golpe de Estado

247 - O presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, afirmou, nesta segunda-feira, 8, que “qualquer nova tentativa de impedir a candidatura de Lula será um terceiro golpe de Estado, depois de 2016 e da fraude eleitoral de 2018”. “É preciso ficar atento”, alertou

Rui Costa Pimenta
Rui Costa Pimenta (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, afirmou, nesta segunda-feira, 8, que “qualquer nova tentativa de impedir a candidatura de Lula será um terceiro golpe de Estado, depois de 2016 e da fraude eleitoral de 2018”. “É preciso ficar atento”, alertou.

Mais cedo, Rui, que é comentarista da TV 247, publicou uma série de comentários sobre o caso da anulação das condenações de Lula pelo ministro Edson Fachin, do STF. Segundo ele, foi uma “vitória”, “mas é preciso acompanhar cuidadosamente o jogo da burguesia, a começar pelo fato de que a decisão foi tomada para preservar os crimes da Lava-Jato e dos golpistas, incluindo as mazelas do próprio STF”.

“A decisão de Fachin é resultado da enorme crise política que está se abrindo com as denúncias da Lava-Jato. Essas denúncias apontam para o golpe de Estado, os partido burgueses todos, todo o judiciário e dos militares. Contenção de danos, mas com uma enorme crise política”, ressaltou em outra postagem.

“A decisão é uma manobra forçada do STF, uma vez que o processo contra a Lava-Jato é um processo contra todas as instituições do regime político. A questão do foro e do juiz natural foi levantada várias vezes pelos advogados de Lula e rejeitadas pelo próprio STF”, lembrou Rui.

“Lula agora está sem impedimentos, mas as manobras contra ele vão continuar. Devemos exigir a anulação dos processos todos e o fim da perseguição contra Lula e o inquérito contra Moro, a Lava-Jato e todos os seus cúmplices”, reforçou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email