Rui Pimenta: o presidente que não rezar cartilha da direita será chantageado

O presidente do Partido da Causa Operária (PCO), Rui Costa Pimenta analisa que a ascensão do conservadorismo no Países deixará seus frutos na política; "O candidato que for eleito presidente do Brasil terá que rezar a cartilha da direita ou será pelo chantageado Congresso Nacional conservador", aponta; assista a análise política com Pimenta

Rui Pimenta: o presidente que não rezar cartilha da direita será chantageado
Rui Pimenta: o presidente que não rezar cartilha da direita será chantageado

TV 247 - O presidente do Partido da Causa Operária, Rui Costa Pimenta, concedeu entrevista à TV 247, nesta semana, analisando os últimos acontecimentos da corrida eleitoral e projetando que a ascensão do conservadorismo no País deixará seus frutos na política. Ele destaca que o candidato que for eleito presidente do Brasil terá que rezar a cartilha da direita "ou será pelo Congresso Nacional conservador", aponta. 

Pimenta segue defendendo a opinião do PCO que a candidatura é de Lula e não do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, "temos que levá-la o Lula ou nada até o fim, sem espaço pro plano B", ressalta. 

Ele considera que, ao disputar a eleição, Haddad ofusca o principal fato de que a eleição é uma fraude, criando um elemento de confusão, "devemos deixar bem claro todos os passos do golpe, inclusive a eleição sem o Lula", destaca Pimenta. 

Ao avaliar o nome de Manuela D'Ávila (PCdoB-RS), que será vice de Haddad caso Lula seja impedido juridicamente de participar das eleições, Pimenta considera que houve uma pressão do PCdoB para indicá-la como vice. "Lula não queria o nome de Manuela na chapa", observa. 

Pimenta relata que assistiu cenas do debate dos presidenciáveis na Rede Bandeirantes, afirmando que o candidato a presidente Cabo Daciolo possui problemas mentais, classificando- o como um Antônio Conselheiro da direita. "É cômico, mas beira sinistro, não devemos subestimar nomes como o Daciolo e Bolsonaro, o próprio Hitler era uma figura caricata", alerta. 

Dando sequência a sua explanação eleitoral, ele observa a aproximação de Geraldo Alckmin (PSDB-SP) a discurso mais radical. "Há um esvaziamento do centro, os tucanos tentam ocupar a extrema direita porque foram derrotados no seu discurso tradicional", revela Pimenta. 

O presidente do PCO afirma que projeções de um Congresso Nacional mais conservador trará consequências nocivas. Qualquer presidente que não rezar a cartilha da direita será chantageado pelo Congresso Nacional conservado", 

Ele diz "que a saída é a força popular real", e que "não podemos ficar reféns da ilusão". "o voto no Brasil faz tempo que vale pouco", conclui Rui Costa Pimenta 

Inscreva-se na TV 247 e confira a análise:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247