Santos Cruz critica militarização do governo Bolsonaro: "isso não pode acontecer"

Ex-ministro de Bolsonaro, general Santos Cruz diz que a grande presença dos militares no governo federal dá a sensação "de que os militares estão comprometidos com as disputas de governo", tentando salvar a pele do Exército, que se une cada vez mas ao bolsonarismo

(Foto: Fabio Pozzebom - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro da Secretaria de Governo da Presidência general Carlos Alberto Santos Cruz criticou, em entrevista ao Antagonista, a militarização do governo de Jair Bolsonaro.

Tentando salvar a imagem do Exército, que se une cada vez mais ao bolsonarismo, Santos Cruz disse que a proximidade entre as Forças Armadas e o governo federal dá a sensação de que os militares participam da disputa política no Brasil.

“A incidência de militares é muito alta. Isso traz uma imagem para a população de que as Forças Armadas, posso falar pelo Exército, estão participando dos assuntos de governo, até da rotina de governo. Dá essa sensação de que os militares estão comprometidos com as disputas de governo. Isso não pode acontecer", falou.

Há quase um mês, Santos Cruz já avisava que o Exército não marcha com governo Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247