Santos Cruz sobre o guru de Bolsonaro: Olavo de Carvalho 'não tem importância nenhuma'

O general Carlos Alberto dos Santos Cruz, ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, disse que o guru ideológico do clã Bolsonaro, o astrólogo Olavo de Carvalho, "não tem importância nenhuma"; esta semana o general foi alvo dos ataques de Carvalho, nas redes sociais; o astrólogo disse que sem ele, Santos Cruz "estaria levando cusparadas na porta do Clube Militar"

Santos Cruz sobre o guru de Bolsonaro: Olavo de Carvalho 'não tem importância nenhuma'
Santos Cruz sobre o guru de Bolsonaro: Olavo de Carvalho 'não tem importância nenhuma'

247 - O general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz, ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, reforçou as especulações de rixa entre os militares que integram o governo com o astrólogo e guru ideológico do clã Bolsonaro, Olavo de Carvalho. Segundo ele, Carvalho "não tem importância nenhuma".

"Se eu me interessasse por ele, poderia dizer alguma coisa. Mas sinceramente não tenho nem curiosidade", disse Santos Cruz em entrevista à BBC News Brasil em Cambridge (EUA), onde participa de rodada de palestras organizadas por alunos das universidades de Harvard e MIT.

Olavo usa a sua página nas redes sociais para destilar ofensas contra aqueles que ele elege como inimigo. Santos foi alvo de ofensas em uma sequência de tuítes, na última segunda-feira (1º de abril). Carvalho disse que o ministro "simplesmente não presta" e que "jamais terá coragem de discutir cara a cara".

"Sem mim, Santos Cruz, você estaria, como disse o Karim Sebti, levando cusparadas na porta do Clube Militar e baixando a cabeça, como tantos de seus colegas de farda", escreveu o guru.

Santos Cruz tentou demonstrar indiferença à declarações. "Tenho muita coisa para fazer", disse ele, afirmando que "não presto atenção, eu não leio" os comentários de Olavo de Carvalho sobre o governo

Questionado sobre a afirmação do ministro da Educação, Ricardo Vélez, de que seriam feitas mudanças nos livros escolares para que rever a história do golpe militar de 1964, Santos Cruz afirmou: "Estamos perdendo tempo em discutir uma coisa de 55 anos atrás quando temos um monte de coisas mais importantes para discutir."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247