"Se fosse eu, já teria pedido para sair", diz ex-ministro sobre fritura de Moro

Ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo afirmou que se estivesse no lugar de Sérgio Moro – que vem sendo submetido a uma fritura pública por parte de Jair Bolsonaro – já teria entregado o cargo. "Se fosse eu, já teria pedido pra sair", disse

247 - O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo afirmou que se estivesse no lugar de Sérgio Moro – que vem sendo submetido a uma fritura pública por parte de Jair Bolsonaro – já teria entregado o cargo. "Se fosse eu, já teria pedido pra sair", disse Cardozo ao blog do jornalista Guilherme Amado

Para Cardozo, Moro vem sendo constante desautorizado por Bolsoanro, como no episódio em que ele recebeu o diretor-geral da Polícia Federal sem a presença de Moro. "A Dilma não recebia o diretor da PF sem eu estar presente", exemplificou. 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247