"Se o Marinho entrar mais uma vez, eu vou embora", disse Bolsonaro, no bastidor da transmissão da Jovem Pan

Vídeo revela que ele encara a emissora de extrema direita como um veículo chapa-branca

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Durante entrevista à Jovem Pan, Jair Bolsonaro demonstrou irritação com as perguntas feitas pelo humorista André Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, que foi seu aliado na campanha eleitoral.

Bolsonaro, que também transmitia a entrevista em suas redes sociais, se incomodou com a pergunta sobre a prática da "rachadinha" no Rio de Janeiro e disse que não responderia a provocações.

“Ô, Marinho, você sabe que eu sou presidente da República, eu respondo sobre os meus atos, tá ok? Não vou aceitar provocação sua. Não vou aceitar. Não vou aceitar. O teu pai [Paulo Marinho] é o maior interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. O teu pai quer a cadeira do Flávio Bolsonaro. Eu decidi com o Flávio indicar teu pai. Não tem mais conversa contigo”, disse Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Na sequência, uma discussão entre os apresentadores Adrilles Jorge, apoiador de Bolsonaro, e André Marinho, fez Bolsonaro ameaçar deixar a entrevista.

"Se o Marinho entrar mais uma vez na tela, eu vou embora", ameaçou. Em seguida levantou e deixou a transmissão.

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email