Alvim diz que assina embaixo das declarações de Goebbels

O secretário de Cultura de Bolsonaro, Roberto Alvim, diz que "assina embaixo" o vídeo que postou nesta quinta-feira, onde ele reproduz uma fala de Joseph Goebbels, ideólogo da propaganda nazista. "As ideias contidas na frase são absolutamente perfeitas", defende ele

Roberto Alvim
Roberto Alvim (Foto: Reprodução)

247 - O secretário nacional de Cultura do governo Bolsonaro, Roberto Alvim, diz que "assina embaixo" o vídeo que postou nesta quinta-feira, onde ele reproduz uma fala de Joseph Goebbels, ideólogo da propaganda nazista. "As ideias contidas da frase são absolutamente perfeitas", defende ele. 

Alvim foi alvo de diversas críticas nesta sexta-feira, acusado de fazer propaganda explícita do nazismo. 

Ele declarou ao Estado de S.Paulo nesta sexta que "a origem [de Goebbels] é espúria, mas as ideias contidas da frase são absolutas perfeitas e eu assino embaixo". 

Alvim também ressaltou que permanecerá no cargo. Segundo ele, na conversa com Bolsonaro, o ocupante do Planalto lhe garantiu que não será demitido.

Entenda: 

 O secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, copiou a proposta nazista ao propor uma nova arte para o Brasil. Reproduzindo uma fala de Joseph Goebbels, ideólogo da propaganda nazista, ele propôs uma nova arte para o Brasil. "A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada", disse ele.

Assista ao vídeo no qual Leonardo Attuch comenta a demissão de Roberto Akvim e apresenta um histórico do caso:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247