Sem assumir campanha, Huck vai aos EUA com líderes indígena e do agronegócio

Em mais um aceno para o seu eleitorado, Huck apareceu em uma foto junto com o líder indígena da etnia Paiter Suruí, Almir Suruí, e do diretor Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Cornacchioni, durante um evento em uma universidade dos EUA

Se não fracassar, Huck será rainha da Inglaterra
Se não fracassar, Huck será rainha da Inglaterra (Foto: Divulgação/ TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Portal Forum - Luciano Huck quer se mostrar como alguém que pode tirar o país dos extremos políticos e ser um candidato viável para as eleições e 2022. Mesmo sem assumir que já está em campanha, o apresentador vai costurando alianças que garantam as bases da sua candidatura.

Em mais um aceno para o seu eleitorado, Huck apareceu em uma foto junto com o líder indígena da etnia Paiter Suruí, Almir Suruí, e do diretor Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Cornacchioni, durante um evento em uma universidade dos EUA. Em um momento em que a Amazônia está na mira da discussão mundial por conta do desmatamento e avanço de lavouras dentro da Floresta, a atitude de Huck tem um forte apelo simbólico.

Leia a íntegra no Portal Forum

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247