Senado pode investigar Renan Calheiros por ataque sexista

O senador Renan Calheiros poderá ser investigado pela Corregedoria do Senado por causa de agressões sexistas dirigidas por ele à jornalista Dora Kramer e à família da senadora Simone Tebet (MDB-MS); o novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou que o corregedor geral do Senado, Roberto Rocha (PSDB-MA), está “à disposição” para tomar providências contra Renan ; Simone Tebet preferiu não responder aos ataques; a jornalista Dora Kramer, também atingida, postou nas redes sociais; “Agradeço as manifestações, mas não vou responder"

Senado pode investigar Renan Calheiros por ataque sexista
Senado pode investigar Renan Calheiros por ataque sexista

247 - O senador Renan Calheiros poderá ser investigado pela Corregedoria do Senado por causa de agressões sexistas dirigidas por ele à jornalista Dora Kramer e à família da senadora Simone Tebet (MDB-MS), segundo informa a jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo. 

O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou a colegas que o corregedor geral do Senado, Roberto Rocha (PSDB-MA), está “à disposição” para tomar providências contra Renan Calheiros (MDB-AL) . 

A corregedoria só pode atuar caso algum senador faça uma denúncia contra Calheiros, o que não havia ocorrido até a segunda (4).

Simone Tebet preferiu não responder aos ataques. A jornalista Dora Kramer, também atingida, postou nas redes sociais: “Agradeço as manifestações, mas não vou responder. O que ele [Calheiros] diz fala por ele”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247