Senador diz que acionará justiça caso Eduardo Bolsonaro seja indicado embaixador

Fabiano Contarato (Rede-ES) classifica a indicação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), a embaixada do Brasil em Washington, como nepotismo

(Foto: Foto: Agência Senado)

247 - O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) disse que entrará na justiça caso o presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirme sua intenção de indicar o filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o cargo de embaixador brasileiro nos Estados Unidos.

Em sua conta no Twitter, Contarato disse que a indicação configura nepotismo, ou seja, o favorecimento de parente.

"Caso o Presidente indique o seu filho Eduardo Bolsonaro para assumir a embaixada do Brasil nos EUA, acionarei a Justiça contra o ato. O deputado já deu sinal de que aceitaria, mas isso é nepotismo (favorecimento de parente)", escreveu o senador da Rede, neste sábado (13).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247