Sepúlveda diz que prisão de Lula é arbitrária e espera que STF confirme liminar de Marco Aurélio

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) e advogado Sepúlveda Pertence disse que considera "a prisão de Lula uma arbitrariedade" e disse esperar que o plenário confirme a decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello, que suspendeu nesta quarta-feira (19), a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. "Só me congratula essa decisão do Marco Aurélio, e espero que o plenário venha a confirmar", disse Sepúlveda

Sepúlveda diz que prisão de Lula é arbitrária e espera que STF confirme liminar de Marco Aurélio
Sepúlveda diz que prisão de Lula é arbitrária e espera que STF confirme liminar de Marco Aurélio (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Acho a prisão de Lula uma arbitrariedade", afirmou o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF), o advogado Sepúlveda Pertence. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o ex-ministro disse que espera que o plenário confirme a decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello, que suspendeu nesta quarta-feira (19), a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.

"Só me congratula essa decisão do Marco Aurélio, e espero que o plenário venha a confirmar", disse Sepúlveda, que estava no STF nesta tarde.

A liminar do vice-decano da Corte Suprema foi derrubada pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, que - como fez a sua antecessora ministra Cármen Lúcia, empurrou o julgamento das ações que tratam da execução provisória da pena para 10 de abril de 2019.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247