Servidores do MEC viajam para curso de Olavo de Carvalho nos EUA

Dois servidores do Ministério da Educação nomeados pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez deixaram o trabalho na pasta após o Carnaval e ficaram nos EUA para participar de curso com o escritor Olavo de Carvalho, responsável pela indicação do colombiano para comandar o órgão; a falta no trabalho e a viagem internacional não foram autorizadas oficialmente, o que pode resultar em demissão

Servidores do MEC viajam para curso de Olavo de Carvalho nos EUA
Servidores do MEC viajam para curso de Olavo de Carvalho nos EUA

247 - Dois servidores do Ministério da Educação (MEC) nomeados pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez deixaram o trabalho na pasta após o Carnaval e ficaram nos Estados Unidos para participar de curso com o escritor Olavo de Carvalho, responsável pela indicação do colombiano para comandar o órgão. A falta no trabalho e a viagem internacional não foram autorizadas oficialmente, o que pode resultar em demissão.

Um dos assessores é Daniel Emer, casado com a deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC), do mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro. A parlamentar se ausentou da Câmara na semana passada também para fazer o curso no estado de Virgínia, nos EUA. Outro viajante é Silvio Grimaldo de Camargo.

Em nota, o MEC não trata dos casos específicos. "Os servidores têm prerrogativa para negociar diretamente com suas chefias imediatas justificativas de suas viagens e ausências”, defendeu em nota.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, ao comentar sobre a possibilidade de investigação, a pasta afirmou que uma eventual análise de denúncias é sigilosa, conforme determina a legislação. 

A legislação define que viagens internacionais de auxiliares, com ou sem ônus, devem ser autorizadas pelo ministério. As normas são definidas pelo decreto 1.387 de 1995. Segundo o advogado especialista em direito administrativo Fernando Dantas, "a improbidade administrativa também ocorre em decorrência do dever da moralidade, que abrange todas as condutas, inclusive a assiduidade ao trabalho".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247