Sob Moro e Bolsonaro, PF reduz o ritmo de operações

Na primeira metade do ano passado, a PF fez 269 operações, média de 1,4 por dia, contra 1,1 entre janeiro e junho de 2019. É o número mais baixo em cinco anos e os resultados da atual gestão só ficam à frente dos registrados até o primeiro semestre de 2014 — quando houve 178 operações

(Foto: Adriano Machado/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O rtimo de trabalho da Polícia Federal foi bem mais intenso no passado do que no presente,. "Sob o comando do ministro Sergio Moro (Justiça), a Polícia Federal fez no primeiro semestre deste ano a menor quantidade de operações desde 2014. Foram realizadas, entre janeiro e junho, 204 ações, número mais baixo que o registrado nos nove semestres anteriores", informam os jornalista Fábio Fabrini e Camila Mattoso, em reportagem publicada na Folha de S. Paulo.

"Na primeira metade do ano passado, a PF fez 269 operações, média de 1,4 por dia, contra 1,1 entre janeiro e junho de 2019. Os resultados da atual gestão só ficam à frente dos registrados até o primeiro semestre de 2014 —quando houve 178 operações. Aquele ano marcou o início da Lava Jato, com maior ênfase de atuação da PF contra crimes do colarinho branco. Bolsonaro se elegeu no ano passado prometendo rigor no combate às atividades ilegais. Os últimos meses, no entanto, têm sido marcados por tentativas de interferência do presidente na pasta do ministro", apontam ainda os jornalistas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email