Sob pressão, Anvisa adia votação sobre plantio da Cannnabis medicinal

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) adiou a apreciação da medida sobre o plantio e Cannabis medicinal para o dia 15 de outubro. O diretor-presidente da Anvisa, William Dib, é criticado pelo governo Jair Bolsonaro e admitiu na semana sofrer resistência

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) adiou a apreciação da medida sobre o plantio e Cannabis medicinal para o dia 15 de outubro, de acordo com informação divulgada pela colunista Mônica Bergamo. A votação estava prevista para terça-feira (8).

"Foram apresentadas algumas sugestões dos diretores da Agência ao texto", afirmou a Anvisa. "Antes da apreciação pelo colegiado da Agência, as novas considerações serão avaliadas pelas áreas técnicas relacionadas ao tema, bem como pela Procuradoria da Anvisa".

O diretor-presidente da Anvisa, William Dib, é criticado pelo governo Jair Bolsonaro e admitiu na semana sofrer resistência. "Sinto que, se eu desistir, muita gente vai aplaudir", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email