Solnik: se máscara é coisa de viado, então eu sou viado

O jornalista Alex Solnik rebateu mais uma ação grotesca de Jair Bolsonaro, que desta vez disse que “usar máscara é coisa de viado”. “Se usar máscara é coisa de viado, então sou viado”, ironizou o jornalista

Alex Solnik e Jair Bolsonaro
Alex Solnik e Jair Bolsonaro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Alex Solnik, em participação no programa Bom Dia 247 desta quarta-feira (8), condenou mais uma postura lamentável de Jair Bolsonaro, que desta vez disse que o uso obrigatório de máscara "é coisa de viado". “Se usar máscara é coisa de viado, então sou viado”, ironizou o jornalista  

O jornalista também enfatizou que “a defesa de Jair Bolsonaro da cloroquina é uma ofensa à medicina, à população, tudo que não se deve fazer". "Ele já é considerado o maior negacionista do mundo. Bolsonaro é um garoto propaganda canastrão”, acrescentou. 

O jornalista destacou em sua análise que Bolsonaro pode ser levado ao Tribunal Internacional de Haia pela política genocida contra a população indígena. “Ele estimula a destruição de uma etnia”. 

O jornalista refere-se à postura de Bolsonaro, que nesta terça-feira (7) vetou medidas para proteção dos povos indígenas no combate à pandemia, como a obrigação do governo em oferecer água potável, leitos de hospital, higiene e facilitação ao auxílio emergencial. 

Inscreva-se na TV 247 e confira: 


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email