Solnik: Bretas tentou crescer dentro da Lava Jato, mas não teve sucesso

O jornalista Alex Solnik destaca que a decisão de soltar o ex-presidente Michel Temer foi acertada e que o juiz Marcelo Bretas exorbitou os seus poderes ao ordenar a execução das prisões sem possuir argumentos para tal ação; "Na verdade, Bretas queria subir de patamar dentro da Lava Jato, mas não teve sucesso", esclarece o jornalista 

Solnik: Bretas tentou crescer dentro da Lava Jato, mas não teve sucesso
Solnik: Bretas tentou crescer dentro da Lava Jato, mas não teve sucesso
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O programa Boa Noite 247 desta segunda-feira destacou como principais temas a liberdade concedia a Michel Temer e ao ex-ministro Moreira Franco, a crise entre entre executivo e Congresso Nacional envolvendo a pauta da reforma da Previdência, além da crise que se arrasta no ministério da Educação. 

O ex-presidente Michel Temer deixou a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro na noite desta segunda-feira 25, onde chegou há quatro dias, na noite de quinta, e ficou em uma sala da corregedoria, no terceiro andar do prédio. Ele foi solto por decisão do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

O jornalista Paulo Moreira Leite esclarece que "existem várias provas contra Temer, mas a decisão que indicou sua prisão não teve justifica jurídica alguma". 

"Temos que combater a corrupção, mas não podemos permitir abusos. Temer foi preso sem prova de culpa alguma". 

O jornalista Alex Solnik destaca que a decisão de soltar Temer foi acertada e que o juiz Marcelo Bretas exorbitou os seus poderes. "Na verdade Bretas queria subir de patamar dentro da Lava Jato ao ordenas as prisões, mas não teve sucesso", esclarece. 

Inscreva-se na TV 247 e confira: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247