Solnik: será que a Venezuela reconhece o governo Temer?

O jornalista Alex Solnik condena o não reconhecimento brasileiro nas eleições venezuelanas; “Nenhum governo tem o direito de interferir em outro país, principalmente quando se trata de um vizinho, a questão é, a Venezuela reconhece  governo Temer?”, questiona; Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247 

O jornalista Alex Solnik condena o não reconhecimento brasileiro nas eleições venezuelanas; “Nenhum governo tem o direito de interferir em outro país, principalmente quando se trata de um vizinho, a questão é, a Venezuela reconhece  governo Temer?”, questiona; Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247 
O jornalista Alex Solnik condena o não reconhecimento brasileiro nas eleições venezuelanas; “Nenhum governo tem o direito de interferir em outro país, principalmente quando se trata de um vizinho, a questão é, a Venezuela reconhece  governo Temer?”, questiona; Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247  (Foto: Lais Gouveia)

TV 247 - O programa Boa Noite desta segunda-feira (21) destacou as eleições na Venezuela e o cenário político brasileiro, onde Lula refirma sua candidatura e Ciro Gomes (PDT) acena uma composição de chapa com PCdoB e PSB.

O jornalista Willian de Lucca destaca algumas contradições da mídia hegemônica. “Apesar do tratamento de Maduro no que tange os direitos humanos e minorias, a imprensa brasileira é sempre parcial quando se trata do governo venezuelano. Essa construção de Maduro como ditador é muito estranha, já que a Venezuela realiza eleições e uma a oposição que participa do parlamento”, observa.

O jornalista Alex Solnik destaca o não reconhecimento brasileiro nas eleições venezuelanas. “Nenhum governo tem o direito de interferir em outro país, principalmente quando se trata de um vizinho, a questão é, a Venezuela reconhece  governo Temer?”, questiona.

Lula lançará sua pré candidatura no próximo dia 27 de maio, segundo informou o deputado e advogado e Lula, Wadih Damous.

De Lucca considera importante a campanha sair nas ruas. “O PT tem acertado em manter Lula candidato, a população sabe que o ex-presidente está sofrendo uma perseguição. Essa estratégia mantém a postura do PT em manter Lula candidato até a justiça dizer o contrário”, afirma.

Após Ciro Gomes (PDT) dizer que sua aliança preferencial é com o PSB e PCdoB, Alex Solnik considera que essa movimentação enterra por vez uma aliança com o PT. “Em respeito até ao Lula, como ele irá pautar uma aliança com o PT se a sigla já tem candidato”, conclui.  

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247