Sônia Guajajara: é ultrajante um candidato apoiar diferença salarial entre homens e mulheres

Após criticar Jair Bolsonaro (PSL), a líder indígena Sônia Guajajara (Psol), que foi vice de Guilherme Boulos no primeiro turno da eleição presidencial, também afirmou que, "apesar de serem mais escolarizadas e trabalharem mais, as mulheres são as primeiras a perder o emprego em momentos de crise. Para retomar a geração de empregos, Haddad vai implantar o programa ‘Meu Emprego de Novo’, com medidas emergenciais e estruturais"

Sônia Guajajara: é ultrajante um candidato apoiar diferença salarial entre homens e mulheres
Sônia Guajajara: é ultrajante um candidato apoiar diferença salarial entre homens e mulheres (Foto: Mídia Ninja)

247 - A líder indígena Sônia Guajajara (Psol), que foi vice do seu correligionário Guilherme Boulos no primeiro turno da eleição presidencial, criticou o candidato Jair Bolsonaro (PSL). "Pela valorização da mulher trabalhadora. É ultrajante um candidato apoiar a diferença salarial entre homens e mulheres", disse ela no Twitter.

Em entrevista ao Jornal Nacional, no mês de agosto, Bolsonaro negou a intenção de implantar políticas para reduzir a diferença salarial entre homens e mulheres. "Já está na CLT. A CLT já garante salário igual para homem em mulher. E se a lei não está sendo cumprida, a quem compete resolver é a Justiça", afirmou.

De acordo com a indígena, "apesar de serem mais escolarizadas e trabalharem mais, as mulheres são as primeiras a perder o emprego em momentos de crise". Para retomar a geração de empregos, Haddad vai implantar o programa ‘Meu Emprego de Novo’, com medidas emergenciais e estruturais", complementou.

Sônia ressaltou que "uma das metas de Haddad é consolidar a implementação da PEC das Domésticas e efetivar a garantia de direitos a esse segmento da classe trabalhadora, formado majoritariamente por mulheres negras".

"Uma das propostas na área da saúde é o combate à discriminação racial no SUS, detectada por pesquisa do Ministério da Saúde em 2014", acrescentou.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247