STF autoriza inquérito contra Luiz Henrique

Denúncia do Ministério Público Federal (MPF) relata que o senador peemedebista usou sua influência como parlamentar para encaminhar uma paciente a um hospital público de Florianópolis para fazer uma consulta e uma cirurgia; ela não passou pela fila do Sistema Único de Saúde (SUS); a paciente trabalha com Evaldo Stopassoli, dono de uma rádio no município catarinense de Aranguá, que confirmou ter conseguido o atendimento por intermédio de Luiz Henrique. 

Denúncia do Ministério Público Federal (MPF) relata que o senador peemedebista usou sua influência como parlamentar para encaminhar uma paciente a um hospital público de Florianópolis para fazer uma consulta e uma cirurgia; ela não passou pela fila do Sistema Único de Saúde (SUS); a paciente trabalha com Evaldo Stopassoli, dono de uma rádio no município catarinense de Aranguá, que confirmou ter conseguido o atendimento por intermédio de Luiz Henrique. 
Denúncia do Ministério Público Federal (MPF) relata que o senador peemedebista usou sua influência como parlamentar para encaminhar uma paciente a um hospital público de Florianópolis para fazer uma consulta e uma cirurgia; ela não passou pela fila do Sistema Único de Saúde (SUS); a paciente trabalha com Evaldo Stopassoli, dono de uma rádio no município catarinense de Aranguá, que confirmou ter conseguido o atendimento por intermédio de Luiz Henrique.  (Foto: Roberta Namour)

Da Agência Brasil

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de inquérito para investigar o senador Luiz Henrique (PMDB-SC). Conforme denúncia do Ministério Público Federal (MPF), o parlamentar é acusado do crime de advocacia administrativa.

A denúncia relata que o senador usou sua influência como parlamentar para encaminhar uma paciente a um hospital público de Florianópolis para fazer uma consulta e uma cirurgia. Segundo o Ministério Público, a paciente não passou pela fila do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a denúncia, a paciente trabalha com Evaldo Stopassoli, dono de uma rádio no município catarinense de Aranguá, que confirmou ter conseguido o atendimento por intermédio de Luiz Henrique.

Em nota à imprensa, o senador considerou a denúncia vazia. “Não sei do que se trata, certamente é uma denúncia vazia de alguém mal-intencionado, movido, ou por inimizade, ou por motivação política."

Luiz Henrique classificou a acusação de absurda e disse que, tão logo seja notificado, processará os autores da denúncia. "É incrível que a imprensa já tenha sido informada, sem eu, até agora, ter conhecimento dessa falsa acusação, o que me faz perceber que realmente possa haver motivação política por parte de quem me denuncia, com o objetivo de desgastar a minha carreira de 45 anos de vida pública limpa e inquestionável”, disse o senador.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247