STF determina perícia em celulares encontrados na cela de Daniel Silveira

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também determinou que dados e laudos sejam encaminhados ao inquérito 4.781, que investiga "fakenews" e ameaças contra o STF

Ministro Alexandre de Moraes
Ministro Alexandre de Moraes (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou que seja feita uma "imediata perícia dos aparelhos apreendidos", nesta quinta-feira, 18, na cela do deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL) na sede da Polícia Federal do Rio de Janeiro - onde ele estava antes de ir ao Batalhão da Polícia Militar de Niterói (RJ).

Foi o próprio ministro do STF que determinou, esta semana, a prisão em flagrante do deputado, após ele gravar um vídeo com apologia ao AI-5 e defender a destituição de ministros da Corte.

Moraes também determinou que dados e laudos sejam encaminhados ao inquérito 4.781, que investiga "fakenews" e ameaças contra o STF. 

Mais cedo, a PF também abriu inquérito sobre os dois celulares apreendidos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email