STF vai decidir nas próximas semanas sobre medida que pode beneficiar Lula

Decisão sobre a ilegalidade da prisão em segunda instância, que pode beneficiar o ex-presidente Lula, deve entrar na pauta do Supremo em semanas, informa a jornalista Mônica Bergamo

Ministro Dias Toffoli
Ministro Dias Toffoli (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, tem emitido sinais de que vai colocar em pauta nas próximas semanas o julgamento da prisão de condenados depois de julgamento em segunda instância, escreve Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo.  

A decisão pode beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula, que é preso político em Curitiba há mais de um ano e meio por ter sido condenado em segunda instância pelo TRF-4 tomada.  

Ainda permanece o mistério sobre qual será o voto de Rosa Weber.   

Os questionamentos da ministra sobre o momento em que o tema entrará em debate estão sendo lidos como concordância com a tese de que a prisão em segunda instância é ilegal.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email