STJ nega habeas corpus para colocar Cunha em liberdade

Ministro do Superior Tribunal de Justiça Rogério Schietti negou pedido feito pela defesa do ex-deputado Eduardo Cunha para que ele fosse colocado em liberdade; magistrado justificou a decisão afirmando que o pedido era idêntico a um outro feito anteriormente e, portanto, nem o analisou; Cunha está preso desde outubro de 2016 no âmbito da Operação Lava Jato 

STJ nega habeas corpus para colocar Cunha em liberdade
STJ nega habeas corpus para colocar Cunha em liberdade (Foto: REUTERS/Rodolfo Buhrer)

247 - O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Rogério Schietti negou pedido feito pela defesa do ex-deputado Eduardo Cunha para que ele fosse colocado em liberdade. A defesa alegou que o ex-parlamentar estava preso há muito tempo.

Segundo o jornalista Guilherme Amado, da revista Época, Schietti justificou sua decisão afirmando que o pedido era idêntico a um outro feito anteriormente e, portanto, nem o analisou.

Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016 no âmbito da Operação Lava Jato pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247