Suspensão dos meus direitos políticos demonstra partidarização do Judiciário, afirma Lindbergh

"O Brasil não se encontra mais numa situação de normalidade democrática. Nós temos um Poder Judiciário extremamente partidarizado que decidiu entrar na luta política de um", afirma o ex-senador em um vídeo nas redes sociais em que comenda a decisão do TJ do Rio de Janeiro de condená-lo com a suspensão dos seus direitos políticos

Suspensão dos meus direitos políticos demonstra partidarização do Judiciário, afirma Lindbergh
Suspensão dos meus direitos políticos demonstra partidarização do Judiciário, afirma Lindbergh (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

247 - Por meio das redes sociais, o ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou que considera a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que suspendeu os seus direitos políticos, "inacreditável". "Tenho denunciando há algum tempo que o Brasil não se encontra mais numa situação de normalidade democrática. Nós temos um Poder Judiciário extremamente partidarizado que decidiu entrar na luta política de um. A prisão de Lula mostra tudo: foi preso sem crime, sem provas", afirma o ex-senador.

A condenação do TJ do Rio foi em função de a prefeitura de Nova Iguaçu ter usado como símbolo da prefeitura um sol estilizado. O Ministério Público abriu ação civil e penal argumentando que se tratava de promoção pessoal em sua campanha.

"O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro tomou uma decisão me condenando a perder os direitos políticos. Uma decisão inacreditável. A minha sensação é que qualquer petista que for a julgamento a partir de agora vai ser condenado", declarou Lindberg em um vídeo publicado na redes. 

Ele reforça que a condenação não se sustenta, pois "nunca usei sol em campanha". "Se eu fosse filiado ao Psol ou se fosse uma estrelinha, podia ser", lembrou.

Ainda de acordo com o ex-senador enfatizou que o Supremo Tribunal Federal (STF) já o absolve pela mesma acusação por unanimidade e o processo foi arquivado. .

INACREDITÁVEL! Fui condenado pelo TJ do Rio pelo uso de um sol nos materiais da prefeitura de Nova Iguaçu. Um inquérito c as mesmas alegações já tinha sido arquivado p UNANIMIDADE no STF.Essa decisão escancara a perseguição ao PT feita p essa justiça partidarizada. Entenda o caso pic.twitter.com/aVNqsmiAGj

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247