TCU vê sobrepreço de R$ 1,1 bilhão em 20 obras

Auditorias do Tribunal de Contas da União apontam que empreiteiras investigadas na Lava Jato são suspeitas também de superfaturamento de preços em outras obras do governo federal, além da Petrobras

Auditorias do Tribunal de Contas da União apontam que empreiteiras investigadas na Lava Jato são suspeitas também de superfaturamento de preços em outras obras do governo federal, além da Petrobras
Auditorias do Tribunal de Contas da União apontam que empreiteiras investigadas na Lava Jato são suspeitas também de superfaturamento de preços em outras obras do governo federal, além da Petrobras (Foto: Gisele Federicce)

247 – Levantamento do Tribunal de Contas da União (TCU) apontam que as empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato são suspeitas de superfaturar outras obras do governo e de empresas federais, além da Petrobras, em um valor estimado em R$ 1,1 bilhão.

Estão na lista 20 grandes empreendimentos, como a construção de ferrovias, rodovias, aeroportos e canais de Transposição do Rio São Francisco. De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, porém, o TCU não chegou ainda a uma conclusão sobre o caso, pois as empresas contestam os critérios do tribunal.

O relatório do TCU mostra que a principal fonte de sobrepreço do chamado "clube vip" de empreiteiras está em planilhas de materiais e serviços. Na Petrobras, as empresas investigadas tinham negócios que chegavam a R$ 59 bilhões. As irregularidades detectadas, de acordo com o tribunal, chegavam a R$ 3 bilhões.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247