Temer é linchado nas redes após dizer ter cortado práticas ilícitas

Seguidores de Michel Temer no Twitter reagiram com revolta, indignação e sarcasmo à publicação de um vídeo pelo peemedebista, em que ele diz que seu governo "cortou práticas ilícitas que beneficiavam poucas empresas" e avisou criminosos que "não sairão impunes"; "Alguém ainda acredita nele???", questionou um usuário; "Mas você recebeu um 'criminoso' nos porões do Palácio do Jaburu e não chamou a PF? Isso se chama prevaricação!", lembrou outro; "Bom saber que o senhor vai se entregar", ironizou uma terceira

Seguidores de Michel Temer no Twitter reagiram com revolta, indignação e sarcasmo à publicação de um vídeo pelo peemedebista, em que ele diz que seu governo "cortou práticas ilícitas que beneficiavam poucas empresas" e avisou criminosos que "não sairão impunes"; "Alguém ainda acredita nele???", questionou um usuário; "Mas você recebeu um 'criminoso' nos porões do Palácio do Jaburu e não chamou a PF? Isso se chama prevaricação!", lembrou outro; "Bom saber que o senhor vai se entregar", ironizou uma terceira
Seguidores de Michel Temer no Twitter reagiram com revolta, indignação e sarcasmo à publicação de um vídeo pelo peemedebista, em que ele diz que seu governo "cortou práticas ilícitas que beneficiavam poucas empresas" e avisou criminosos que "não sairão impunes"; "Alguém ainda acredita nele???", questionou um usuário; "Mas você recebeu um 'criminoso' nos porões do Palácio do Jaburu e não chamou a PF? Isso se chama prevaricação!", lembrou outro; "Bom saber que o senhor vai se entregar", ironizou uma terceira (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Ultimamente, a melhor estratégia de comunicação do governo federal tem sido ficar calado. Mas sem acreditar nessa solução, Michel Temer divulgou dois vídeos nesta segunda-feira 19, pouco antes de viajar para a Rússia e a Noruega.

Em um deles, anunciou que seu governo "cortou práticas ilícitas que beneficiavam poucas empresas" e avisou criminosos que eles "não sairão impunes". A reação dos seguidores no Twitter não foi nada positiva.

"Alguém ainda acredita nele???", questionou um usuário. "Mas você recebeu um 'criminoso' nos porões do Palácio do Jaburu e não chamou a PF? Isso se chama prevaricação!", lembrou outro. "Bom saber que o senhor vai se entregar. Ufa, vai nos poupar o constrangimento de ver alguém com idade sair algemado", ironizou uma terceira.

Alguns indignados, mas bem-humorados, postaram memes, como uma montagem de Temer com a testa tatuada com a frase "eu sou ladrão e vacilão", e ainda uma foto de Temer ao lado de Eduardo Cunha, com a frase irônica "cortou práticas ilícitas". Houve até a produção de uma capa de filme inspirada em Temer, que aparece como vampiro.

Confira aqui as reações.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247