Tereza Campello: com Temer, idosos virarão mendigos

A ex-ministra Tereza Campello, que foi responsável pelo combate à pobreza no governo legítimo da presidente Dilma Rousseff, diz que, com a reforma de Michel Temer, os idosos serão condenados à miséria; "Voltaremos a ver no Brasil legiões de idosos em situação de rua, a exemplo do ocorre no México", diz ela

Brasília - A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, comenta os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014, divulgada pelo IBGE (Valter Campanato/Agência Brasil)
Brasília - A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, comenta os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014, divulgada pelo IBGE (Valter Campanato/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Attuch)

247 – A ex-ministra Tereza Campello, que foi responsável pelo combate à pobreza no governo legítimo da presidente Dilma Rousseff, diz que, com a reforma de Michel Temer, os idosos irão para a miséria.

“A elevação da idade mínima da aposentadoria e do tempo de contribuição vai, naturalmente, jogar uma grande parcela dos idosos no Benefício de Prestação Continuada, o que já acontece com muitos cidadãos que trabalharam a maior parte da vida na informalidade”, disse ela em entrevista ao jornalista Rodrigo Martins.

“Atualmente, o beneficiário usufrui do BPC por seis anos em média, até falecer. Com a mudança proposta por Temer, ele teria apenas um ano, embora seja improvável a sua sobrevivência sem dinheiro para comprar comida ou remédios. Voltaremos a ver no Brasil legiões de idosos em situação de rua, a exemplo do ocorre no México. Em qualquer cidade de lá, você se depara com idosos abandonados nas ruas”.

Leia aqui a íntegra.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247