Território indígena em MT tem pico de queimadas após fiscalização

O Instituto Nacional de Pesquisa Especiais (Inpe) registrou 46 focos de queimadas no sábado (31) em Areões, território indígena em Mato Grosso, três dias após uma operação do Ibama e da PF para identificar os responsáveis pelo fogo que já tinha destruído 219 mil hectares das áreas protegidas na região

Fogo na Terra Indígena Arões em Mato Grosso
Fogo na Terra Indígena Arões em Mato Grosso (Foto: Ibama)

247 - O Instituto Nacional de Pesquisa Especiais (Inpe) registrou 46 focos de queimadas no sábado (31) em Areões, território indígena em Mato Grosso, três dias após uma operação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF) para identificar os responsáveis pelo fogo que já tinha destruído 219 mil hectares das áreas protegidas na região. De acordo com o Ibama, na terra indígena vivem cerca de 1,5 mil índios da etnia Xavante.

Desde 28 de agosto, quando a operação foi deflagrada, ocorreram 89 focos de queimadas.

Neste ano, os focos nos territórios indígenas Areões, Areões I e Areões II começaram em 11 de maio. Antes do pico verificado no sábado, a maior medição apontava 20 focos na segunda-feira (26).

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247