“Tio Palmatória” quer universidades só para a elite e o povo nas escolas militares

"Da ala dos 'ideológicos' de Bolsonaro, Ricardo 'Palmatória' Vélez-Rodriguez, como 'Tia' Damares e Ernesto 'No Che' Araújo, mostrou que tem orgulho em defender o que a nós enoja: a manutenção institucional da diferença de classes", diz texto publicado no Blog do Gilberto Pão Doce, do jornalista Ricardo Miranda

“Tio Palmatória” quer universidades só para a elite e o povo nas escolas militares
“Tio Palmatória” quer universidades só para a elite e o povo nas escolas militares (Foto: Esq.: Marcelo Camargo - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Da ala dos 'ideológicos' de Bolsonaro, Ricardo 'Palmatória' Vélez-Rodriguez, como 'Tia' Damares e Ernesto 'No Che' Araújo, mostrou que tem orgulho em defender o que a nós enoja: a manutenção institucional da diferença de classes", diz texto publicado no Blog do Gilberto Pão Doce, do jornalista Ricardo Miranda.

"Falando ao Valor Econômico, disse, com todas as letras, que 'a ideia de universidade para todos não existe' e defendeu que as vagas no ensino superior sejam reservadas a uma elite. Ao povo, as escolas militares, para mantê-los no cabresto e aprender a 'morrer pela pátria e viver sem razão'", recorda.

De acordo com o jornalista, "num país que já teve entre seus ministros da Educação gente limitada como Cid Gomes, Cristovam Buarque, Carlos Chiarelli, Hugo Napoleão, Jorge Bornhausen e Jarbas Passarinho, não é difícil entregar a 'Tio Palmatória' a distinção de mais reacionário de todos".

"Mas que ninguém se engane reputando-o como mais um 'personagem' do governo Bolsonaro. Anticomunista e defensor do liberalismo 'de mercado', defensor das instituições militares de ensino, onde, segundo ele, há 'patriotismo, disciplina, valorização dos docentes e amor pelo Brasil', esse cidadão é um perigo para a democracia e para os nossos filhos. Faz todo o sentido que seu blog se chame Rocinante, nome do cavalo de Dom Quixote de La Mancha. Apesar, claro, da ofensa aos equinos", acrescenta.

Leia a íntegra no Blog do Gilberto Pão Doce

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247