Toffoli refuta críticas e diz que liberdade de expressão não deve alimentar ódio

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) afirmou nesta quarta-feira (17) que a liberdade de expressão não deve servir para alimentar o ódio e condenou a "utilização abusiva". As declarações foram feitas dois dias após o ministro Alexandre de Moraes, também do STF, mandar tirar do ar a reportagem "O amigo do amigo do meu pai" do site O Antagonista e da revista Crusoé, que citava o presidente da Corte

Toffoli refuta críticas e diz que liberdade de expressão não deve alimentar ódio
Toffoli refuta críticas e diz que liberdade de expressão não deve alimentar ódio (Foto: Nelson Jr./SCO/STF)

247 - O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) afirmou nesta quarta-feira (17) que a liberdade de expressão não deve servir para alimentar o ódio e condenou a "utilização abusiva". As declarações foram feitas dois dias após o ministro Alexandre de Moraes, também do STF, mandar tirar do ar a reportagem "O amigo do amigo do meu pai" do site O Antagonista e da revista Crusoé, que citava o presidente da Corte

Segundo a reportagem, o "amigo do amigo do meu pai" seria Toffoli, no relato feito pelo empresário Marcelo Odebrecht à Lava Jato.

Toffoli defendeu essas opiniões durangte palestra na Congregação Israelita Paulista (CIP), em São Paulo, nesta quarta-feira (17). Enquanto falava, manifestantes gritavam do lado de fora palavras de ordem como "Fora, Toffoli" e "STF, vergonha nacional".

Leia mais em O Estado de S.Paulo

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247