Tramitação da reforma da Previdência deve levar dois meses no Senado

Segundo a senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidenta da CCJ, primeiro local de tramitação da reforma da Previdência no Senado, o colegiado precisará de dois meses para votar o projeto

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Depois de uma aprovação a toque de caixa na Câmara dos Deputados, a tramitação da reforma da Previdência no Senado também deve ser rápida.

Segundo a senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidenta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), primeiro local de tramitação da reforma da Previdência no Senado, o colegiado precisará de até um mês para votar o projeto. A tramitação no Senado deve consumir 60 dias.

"A PEC principal, acredito que 45 dias no Senado é muito otimismo. Mas com 60 dias é um tempo confortável. Ela vai chegar na CCJ no dia 7 de agosto, se der tudo certo. Obviamente vai ter requerimento de audiência pública. Não tenho como entregar a reforma em menos de três semanas. Quanto mais se debater na CCJ, mais rápido se aprova em plenário", disse a senadora, em entrevista nesta segunda-feira (15).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247