TRE do Amapá pede ao TSE adiamento das eleições em Macapá

Em meio aos efeitos do apagão de energia elétrica que atingiu o Amapá e dos protestos da população, o presidente da Justiça Eleitoral do estado, solicitou ao TSE o adiamento do pleito na capital até a situação ser regularizada

Protestos no bairro de Santa Rita, no Amapá.
Protestos no bairro de Santa Rita, no Amapá. (Foto: Rudja Santos/Amazônia Real | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o adiamento das eleições municipais na cidade de Macapá em meio aos efeitos do apagão de energia elétrica que atingiu o estado. 

O presidente do TRE-AP, Rommel Araújo de Oliveira, afirmou à TV Globo que o pedido de adiamento do pleito foi realizado em virtude da "falta de energia e de água" e "de protestos". O fornecimento de energia elétrica no Amapá havia sido 80% retomado até a manhã desta quarta-feira.

Além dos danos causados pela falta de energia elétrica, os moradores têm enfrentado problemas no abastecimento de água e nas redes de comunicação. Houve registros de protestos da população em várias regiões.

Líderes de diferentes partidos se mobilizaram pelo adiamento das eleições no Amapá por conta do apagão, como o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), o senador Randolfe Rodrigues (Rede) e o candidato a prefeito de Macapá Paulo Lemos (PSOL)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247