UNE mantém tsunami da Educação e avisa: 'não vão nos enganar'

"Não vão nos enganar. Todos às ruas amanhã. #15M", afirma a União Nacional dos Estudantes (UNE), em sua página nas redes sociais, confirmando que a greve geral da Educação, chamada de tsunami da Educação, está mantida para está quarta-feira

UNE mantém tsunami da Educação e avisa: 'não vão nos enganar'
UNE mantém tsunami da Educação e avisa: 'não vão nos enganar'

247 - A União Nacional dos Estudantes (UNE), por meio de sua página nas redes sociais, avisou que a greve geral da Educação, chamada de tsunami da Educação, está mantida, mesmo após a informação de que o presidente Jair Bolsonaro determinou nesta terça-feira (14), ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, a suspensão de cortes orçamento da área

"Não vão nos enganar. Todos ás ruas amanhã. #15M", afirma a entidade estudantil. Além dos estudantes, a greve conta com a participação de professores e trabalhadores de 70 universidades e instituições em todo o país.

A informação foi dada pelo líder do PSL, Delegado Waldir, que disse ter presenciado a ligação do presidente Jair Bolsonaro ao ministro da Educação. A Casa Civil desmentiu o parlamentar e disse que o corte está mantido.  

Ao vivo na TV 247 Youtube 247