União homoafetiva cresceu 31% no Brasil em 2014

Pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2014, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que ao lingo do nao passado foram realizados 4.854 casamentos entre cônjuges do mesmo sexo, aumento de 31,2% sobre o exercíco anterior; maior número de uniões homoafetivas deu-se na Região Sudeste, com 60,7% do total; em seguida, aparecem as regiões Sul (15,4%); Nordeste (13,6%); Centro-Oeste (6,9%); e Norte (3,4%)

Pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2014, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que ao lingo do nao passado foram realizados 4.854 casamentos entre cônjuges do mesmo sexo, aumento de 31,2% sobre o exercíco anterior; maior número de uniões homoafetivas deu-se na Região Sudeste, com 60,7% do total; em seguida, aparecem as regiões Sul (15,4%); Nordeste (13,6%); Centro-Oeste (6,9%); e Norte (3,4%)
Pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2014, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que ao lingo do nao passado foram realizados 4.854 casamentos entre cônjuges do mesmo sexo, aumento de 31,2% sobre o exercíco anterior; maior número de uniões homoafetivas deu-se na Região Sudeste, com 60,7% do total; em seguida, aparecem as regiões Sul (15,4%); Nordeste (13,6%); Centro-Oeste (6,9%); e Norte (3,4%) (Foto: Paulo Emílio)

Nielmar de Oliveira, repórter da Agência Brasil - Dados da pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2014, divulgados hoje (30), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicam que foram realizados no ano passado 4.854 casamentos entre cônjuges do mesmo sexo, o que representa aumento de 31,2%.

Foram 1.153 uniões homoafetivas a mais que em 2013. No total, em 2014, os casamentos homoafetivos representaram 0,4% do total de casamentos efetuados no país. Os dados sobre casamentos entre pessoas do mesmo sexo vêm sendo levantados pelo IBGE há apenas dois anos.

Dentre os casamentos entre cônjuges do mesmo sexo, verificou-se que 50,3% eram entre cônjuges femininos e 49,7%, entre cônjuges masculinos.

O maior número de uniões homoafetivas deu-se na Região Sudeste, com 60,7% do total; seguida, em proporções bem menores, pelas regiões Sul (15,4%); Nordeste (13,6%); Centro-Oeste (6,9%); e Norte (3,4%).

Entre as unidades da Federação, de acordo com a distribuição percentual regional, São Paulo evidenciou a maior concentração percentual de uniões homoafetivas, registrando 69,6% do total da Região Sudeste, seguido de Santa Catarina, com 45,7%; Goiás registrou 39,0% das uniões homoafetivas da Região Centro-Oeste, seguido do Distrito Federal, com 38,7%. Na Região Norte, o maior número desse tipo de união foi registrado no Pará, com 34,7%.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247