Veja a lista com o nome de quem é acusado de explorar trabalho escravo no Brasil

Antes da publicação da portaria que alterou as regras de combate ao trabalho escravo pelo Ministério do Trabalho, já estava pronta uma lista com o nome das empresas que exploram trabalho escravo, a chamada "lista suja"; governo suspendeu a divulgação depois da portaria; repórteres do Fantástico, da Rede Globo, obtiveram a lista e fizeram reportagem sobre ela, no programa deste domingo; veja os nomes

Antes da publicação da portaria que alterou as regras de combate ao trabalho escravo pelo Ministério do Trabalho, já estava pronta uma lista com o nome das empresas que exploram trabalho escravo, a chamada "lista suja"; governo suspendeu a divulgação depois da portaria; repórteres do Fantástico, da Rede Globo, obtiveram a lista e fizeram reportagem sobre ela, no programa deste domingo; veja os nomes
Antes da publicação da portaria que alterou as regras de combate ao trabalho escravo pelo Ministério do Trabalho, já estava pronta uma lista com o nome das empresas que exploram trabalho escravo, a chamada "lista suja"; governo suspendeu a divulgação depois da portaria; repórteres do Fantástico, da Rede Globo, obtiveram a lista e fizeram reportagem sobre ela, no programa deste domingo; veja os nomes (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Diário do Centro do Mundo - Antes da publicação da portaria que alterou as regras de combate ao trabalho escravo pelo Ministério do Trabalho, já estava pronta uma lista com o nome das empresas que exploram trabalho escravo, a chamada “lista suja”. O governo suspendeu a divulgação depois da portaria.

Repórteres do Fantástico, da Rede Globo, obtiveram a lista e fizeram reportagem sobre ela, no programa deste domingo — certamente, foi vazada por técnicos insatisfeitos com a nova política do governo Temer de combate ao trabalho escravo, mudança que foi aplaudido por ruralistas ou autoridades ligadas aos ruralistas, como Gilmar Mendes, e criticada pela Organização Internacional do Trabalho. As mudanças dificultam o combate ao trabalho escravo.

A lista foi publicada no site da emissora, e o DCM republica aqui:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247