Veríssimo: 'grau de radicalização é inédito na história do Brasil'

O escritor Luis Fernando Veríssimo criticou, durante um festival literário em Portugal, o clima de "extrema radicalização" no Brasil, capitaneado pela direita; ele rechaçou a possibilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff; "Não sou dilmista, mas sou legalista. Para tirar o PT do poder, é preciso esperar as próximas eleições, fazer valer a democracia. O clima no Brasil é de extrema radicalização, e principalmente para a direita, num grau de raiva que eu nunca vi", afirmou

O escritor Luis Fernando Veríssimo criticou, durante um festival literário em Portugal, o clima de "extrema radicalização" no Brasil, capitaneado pela direita; ele rechaçou a possibilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff; "Não sou dilmista, mas sou legalista. Para tirar o PT do poder, é preciso esperar as próximas eleições, fazer valer a democracia. O clima no Brasil é de extrema radicalização, e principalmente para a direita, num grau de raiva que eu nunca vi", afirmou
O escritor Luis Fernando Veríssimo criticou, durante um festival literário em Portugal, o clima de "extrema radicalização" no Brasil, capitaneado pela direita; ele rechaçou a possibilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff; "Não sou dilmista, mas sou legalista. Para tirar o PT do poder, é preciso esperar as próximas eleições, fazer valer a democracia. O clima no Brasil é de extrema radicalização, e principalmente para a direita, num grau de raiva que eu nunca vi", afirmou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O escritor Luis Fernando Veríssimo criticou, durante um festival literário em Portugal, o clima de "extrema radicalização" no Brasil, capitaneado pela direita. Ele rechaçou a possibilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

"Não sou dilmista, mas sou legalista. Para tirar o PT do poder, é preciso esperar as próximas eleições, fazer valer a democracia. O clima no Brasil é de extrema radicalização, e principalmente para a direita, num grau de raiva que eu nunca vi. E olha que tivemos coisas como a UDN... Mas desse jeito é inédito na história do Brasil", disse. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247