Vice de Pezão, Dornelles assume governo do Rio

Com a prisão do governador Luiz Fernando Pezão, Francisco Dornelles, vice-governador, já assumiu interinamente o governo do Estado do Rio de Janeiro; na linha sucessória, figura agora o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Milton Fernandes de Souza; isto acontece porque o presidente da Assembleia Legislativa (Alerj), deputado Jorge Picciani, está em prisão domiciliar desde março deste ano

Vice de Pezão, Dornelles assume governo do Rio
Vice de Pezão, Dornelles assume governo do Rio (Foto: Tânia Rêgo/Agencia Brasil)

Agência Brasil  - Com a prisão do governador Luiz Fernando Pezão, Francisco Dornelles, vice-governador, já assumiu interinamente o governo do Estado do Rio de Janeiro. Na linha sucessória, figura agora o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Milton Fernandes de Souza.

Isto acontece porque o presidente da Assembleia Legislativa (Alerj), deputado Jorge Picciani, está em prisão domiciliar desde março deste ano. Picciani foi preso na Operação Cadeia Velha, que investiga pagamento de propinas a deputados estaduais do Rio.

O atual presidente em exercício da Alerj, André Ceciliano, não poderia assumir o governo pois o sucessor de Picciani é o deputado Wagner Montes.

Segundo nota da Alerj, Montes vem renovando uma licença médica a cada 30 dias. Assim, Ceciliano é, na verdade, o segundo vice-presidente. Ou seja, interino do interino.

Em nota, a Alerj lamenta a situação do estado. "Vamos continuar trabalhando, especialmente neste momento em que votamos questões importantes, como a prorrogação do estado de calamidade nas finanças, do Fundo de Combate à Pobreza, os vetos a projetos de lei e o orçamento do ano que vem", diz a nota.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247